Porquê substituir?

Há muitos motivos para as empresas estarem a dar este passo. No quadro da sua investigação para melhorar a funcionalidade técnica do seu produto, as empresas podem querer reduzir os possíveis riscos provocados por uma substância que utilizem.  Podem decidir mudar para uma substância química menos perigosa, uma técnica alternativa ou uma conceção de produto diferente. Na prática, acontece frequentemente uma combinação destas três ações. De um modo geral, estas ações melhoram a eficiência, promovem a inovação, ajudam a obter uma vantagem concorrencial e melhoram a segurança ou poupam custos.

Inovação e eficiência

A procura de alternativas mais seguras faz com que a sua empresa analise sistematicamente o que faz e a forma como o faz. Pode até perceber que a função desempenhada pela substância ou mistura que utiliza deixará de ser necessária, se alterar o processo ou a conceção do seu produto. Tal é, por sua vez, um incentivo à inovação. A revisão dos seus materiais e processos de produção pode conduzir a uma maior eficiência, incluindo uma menor utilização recursos ou a produção de menos resíduos durante o ciclo de vida do seu produto final.

Vantagem concorrencial

A substituição de produtos químicos perigosos pode dar-lhe uma vantagem concorrencial na colocação dos produtos no mercado. Os seus clientes apreciarão produtos eficazes que são também mais seguros para os trabalhadores e os consumidores e têm menos impacto negativo no ambiente. A sua substituição pode também permitir aos seus clientes obter uma vantagem concorrencial e reduzir os respetivos custos de cumprimento da legislação relativa à segurança dos produtos químicos. Promova o seu produto de forma adequada e destacar-se-á da concorrência.

Poupança nos custos regulamentares

Os produtos químicos perigosos são sujeitos a uma regulamentação mais rigorosa, de modo a proteger os seres humanos e o ambiente dos seus efeitos prejudiciais. Por conseguinte, exigem níveis mais elevados de controlo no local de trabalho, bem como a jusante na cadeia de abastecimento. Ao substitui-los por substâncias químicas alternativas ou técnicas mais seguras, poupa o tempo e os esforços envolvidos na gestão dos riscos associados à sua utilização.

A opção mais correta

Muitas empresas consideram a substituição simplesmente como a opção mais correta. Reduzir o risco potencial para os empregados que trabalham com a substância e para os consumidores que utilizam os produtos e reduzir o impacto ambiental das atividades da sua empresa é a opção mais correta. Ao adotá-la, está a fazer a sua parte para tornar a Europa um local mais saudável para todos nós e para as gerações futuras.

Precisa de mais tempo?

Encontrar alternativas e testá-las pode ser um processo demorado. Se a sua substância estiver incluída na Lista de Autorização do REACH, não está autorizado a utilizá-la depois da data de expiração. Se não tiver encontrado uma alternativa até essa data, deve apresentar um pedido de autorização para utilizar a sua substância.

Para mais informações, consulte a secção Autorização REACH

 

Categories Display

Marcado como:

(clique na etiqueta para procurar conteúdo relevante)